Cirurgia bariátrica e a importância dos cuidados nutricionais

Cirurgia bariátrica e a importância dos cuidados nutricionais

Post do dia: 2018-04-13 09:21:26. Publicado por Equipe Nutmed Categoria: Novidades .

Nos últimos anos, a cirurgia bariátrica tem se consagrado como uma das ferramentas para o controle e tratamento da obesidade. Isso porque, além de melhorar a qualidade de vida dos pacientes, os benefícios da cirurgia incluem também a melhora significativa de doenças crônicas como hipertensão, diabetes e hiperlipidemia, que estão geralmente associadas à obesidade.

Apesar disso, é importante você saber que o tratamento cirúrgico da obesidade não se limita ao ato cirúrgico propriamente dito. Para que o procedimento tenha sucesso, o paciente precisa ser submetido a cuidados nutricionais específicos, que serão avaliados e recomendados por uma equipe médica multidisciplinar.

Os cuidados nutricionais são muito importantes, pois irão garantir que o paciente realize a adequação de nutrientes e calorias para ter uma boa recuperação no pós-operatório. Isso contribui para a preservação da massa magra durante o emagrecimento e também para minimizar problemas como o refluxo, além de readequar o organismo a sua nova realidade.

Outro ponto chave para o êxito da cirurgia bariátrica que deve ser adotado pelos profissionais nutricionistas é a suplementação nutricional. Ela irá garantir o aporte nutricional adequado de micronutrientes para o bom funcionamento dos processos que ajudam na regulação de peso corporal. Caso contrário, o resultado da cirurgia poderá ser comprometido.

Cuidados nutricionais ANTES da cirurgia

É importante que você saiba o seguinte: pacientes que serão submetidos a uma cirurgia bariátrica devem passar por uma avaliação pré-operatória específica, realizada por uma equipe multidisciplinar. O objetivo dessa avaliação é mapear o perfil nutricional desse paciente, destacando suas necessidades e deficiências, visando uma orientação adequada para a conduta alimentar nesse período.

 

A avaliação pré-operatória divide-se em três etapas:

 

1. Avaliação antropométrica – nesta fase, o nutricionista mapeia a constituição física do paciente, através da avaliação do peso, altura e circunferências. Dependendo do caso, o profissional poderá solicitar mais exames a fim de uma melhor análise física;

 

2. Avaliação bioquímica – a partir de exames laboratoriais (de sangue) e exames de imagem (ultrassonografia de abdômen) o nutricionista irá avaliar o estado nutricional do paciente e identificar possíveis deficiências;

 

3. Avaliação dietética – nesta fase, o nutricionista avaliará a conduta alimentar do paciente, através de um questionário de frequência alimentar. O procedimento é mais conhecido como anamnese alimentar.

 

A partir dessas avaliações, será possível elaborar um programa alimentar específico para o paciente e para o período pré-operatório, visando minimizar os riscos cirúrgicos através da redução de peso de forma adequada.

 

Cuidados nutricionais DEPOIS da cirurgia

 

Os cuidados com a alimentação no período pós-operatório são essenciais para a recuperação e adaptação do organismo a nova realidade. Por isso, os pacientes devem passar por quatro fases antes de voltar a ter uma alimentação regular. Em geral, este período pode variar de 8 a 10 semanas.

 

É importante ressaltar que cada caso é único e podem existir variações nas fases nutricionais de acordo com a técnica utilizada e também com a realidade pessoal do paciente. Recomendamos que seja informado ao paciente que nenhuma medida seja tomada sem conhecimento prévio da equipe responsável pela dieta.

 

1. Dieta líquida clara - nesta fase a alimentação deve ser totalmente líquida e isenta de açúcar, com o mínimo de valor calórico possível. O período da dieta pode durar de 24 a 48 horas, de acordo com avaliação da equipe multidisciplinar;

 

2. Dieta totalmente líquida - a redução de peso nesta fase é intensa e pode durar de 2 a 4 semanas. Os alimentos ingeridos continuam sendo totalmente líquidos e isentos de açúcar, mas já apresentam mais textura que na fase anterior;

 

3. Dieta branda – esse é o estágio de transição alimentar. Nesse período, os alimentos ingeridos têm textura, mas devem ser amassados, misturados ou na forma de purê, bem macios para facilitar a ingestão;

 

4. Dieta regular - É o período em que o paciente, sempre seguindo as orientações de sua equipe multidisciplinar, poderá voltar a ter uma alimentação regular. Deve haver restrição de açúcar e fibras, além de suplementação nutricional e acompanhamento constante.

 

Suplementação nutricional no pós-operatório

 

Após a cirurgia bariátrica, as deficiências nutricionais poderão ocorrer pela menor ingestão de alimentos, devido à redução do estômago e/ou pela diminuição da absorção dos nutrientes pelo organismo. Por isso, a suplementação nutricional se faz necessária nesse período e deverá ser avaliada de forma criteriosa pelo nutricionista, visando manter os nutrientes em níveis adequados.

 

De uma forma geral, as deficiências nutricionais mais comuns após a cirurgia bariátrica são: proteína, ferro, zinco, cálcio, vitamina D e vitaminas do complexo B.

 

Para realizar essa reposição de nutrientes, o acompanhamento e a orientação do nutricionista são fundamentais.

 

*Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM)

 

Para saber mais sobre os cuidados nutricionais na fase pré e pós-operatória, clique aqui e inscreva-se em nosso curso de Atualização em Cirurgia Bariátrica: o que fazer do pré ao pós-operatório.


Posts Relacionados

Solicitação de Exames Laboratoriais na Prática Clínica do Nutricionista

Solicitação de Exames Laboratoriais na Prática Clínica do Nutricionista

Solicitação de Exames Laboratoriais na Prática Clínica do Nutricionista

→ Leia mais...
Consultoria e Assessoria em Nutrição nos Serviços de Alimentação: Por que investir nessas áreas?

Consultoria e Assessoria em Nutrição nos Serviços de Alimentação: Por que investir nessas áreas?

O crescente consumo de refeições realizadas fora do ambiente domiciliar atrelada &agr

→ Leia mais...
Obesidade na Síndrome de Down e a Importância do Papel do Nutricionista

Obesidade na Síndrome de Down e a Importância do Papel do Nutricionista

Uma alimentação saudável é primordial para saúde de qualquer pes

→ Leia mais...
Equipe Nutmed

Equipe Nutmed

A Nutmed foi fundada em 2005, a partir da crescente demanda do mercado por Nutricionistas atualizados e competentes. Acreditando fortemente que ambas as qualidades são atingidas apenas com muito estudo e dedicação, temos como objetivo oferecer aos nossos alunos Cursos de Atualização nas diversas áreas da Nutrição e também Curso Preparatório para Concursos de Nutrição, pois temos muito orgulho em fazer parte do seu sucesso!

→ Veja o Perfil Completo